Dispositivos móveis empatam com o desktop em sites de e-commerce.

Dispositivos móveis empatam com o desktop em sites de e-commerce.

O volume de tráfego em sites de e-commerce por meio de dispositivos móveis alcançou o desktop no último ano. De acordo com levantamento realizado pela Optimise, rede internacional de marketing de performance focada em soluções mobile, 50% do tráfego foi proveniente de dispositivos móveis em 2014, sendo que 27% renderam transações em smartphones e 9% em tablets. Em 2013, o tráfego com origem em tais dispositivos foi de 11%.

Apesar do cenário, o mercado de e-commerce brasileiro ainda não está preparado para oferecer boas opções de conversão para compra no dispositivo mobile, diz o estudo. “As marcas estão mais preparadas com vendas no desktop. Algumas delas têm sites responsivos, mas nem sempre são bons para converter tráfego em compra”, conta Lucila Vasquez, chefe de atendimento ao cliente da Optimise no Brasil. Para ela, o mercado dos aplicativos móveis para o e-commerce é uma grande oportunidade e as marcas que possuírem bons apps têm maiores chances de liderar o mercado no segmento.

No Brasil, a classe C é vista como uma grande oportunidade para o setor por conta de seu potencial de expansão. De acordo com Lucila, a classe C tem acesso e posse maior de dispositivos móveis que de computadores ou notebooks. O relatório também aponta que o sistema operacional Android, do Google, é o mais utilizado na área do comércio mobile, responsável por 94% do tráfego e 89% das transações. Os dispositivos móveis também representam alta capacidade de segmentação, com maiores chances de alcançar o público-alvo desejado que a opção desktop.

Fonte: http://www.proxxima.com.br
 
 

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Entre em contato!